Já tive várias discussões com amigos que são músicos ou que apenas são bons ouvintes, no entanto, sempre há uma boa discussão quando o assunto é o baterista dos Beatles “Ringo Starr”.

Alguns dizem que ele foi apenas um batera simples, que fazia o que tinha que fazer. Outros defendem que ele era importante por ter feito o suficiente para os Beatles se tornarem a grande banda de todos os tempos, pois se ele tivesse mudado as frases e quebrado alguns ritmos ele não deixaria a música Pop e logicamente não teriam o poder popular da Banda nos dias de hoje.

O que aprendemos com esse vídeo é que o cara sabia muito bem o que estava fazendo! Na opinião de outros grandes bateristas, podemos ver frases que marcaram a história da bateria sem falar no swing “quadrado” que você confere frequentemente em muita bandinha nova por ai.
Também vale lembrar que na época que os Beatles tocavam ainda não existia o P.A. e o som era só aquilo que as caixas alcançavam, ou seja, o cara tinha que tocar alto (forte).

Assistam e reflitam.. Até a próxima!

Dinho Milano
Professor de BATERIA no TATUAPÉ

Anúncios